Ultimamente tenho andado um pouco cansado de fazer o tipo de poema que classifico como bom para esse blog...

por isso quero dizer que estou blogando mais no "Tristes Elegias"!!

Para visitá-lo aqui está o link: http://tristeselegias.zip.net!!!

Obrigado pela atenção!

PS.: Estou blogando esse poema novamente para os que não o viram no outro blog, é um dos meus favoritos!

Obrigado Pela Atenção!

TRISTE VIVER

Rodrigo Dias

 

Viver e não ter razão,

Sofrer e não ter motivo,

Amar sem o coração,

Andar e não ter sentido;

 

Feliz quando se está só,

Amargo quando acompanhado,

Em meu mundo não existe dó,

Meu futuro é ser isolado;

 

Ver tristeza onde só tem gloria,

Nadar num mar de horror,

Ter derrota até numa vitória,

É essa a vida de um sofredor.

NASCER

Rodrigo Dias

 

Nove meses num mundo interno,

Num mundo sem guerra,

Num mundo de paz;

 

Nascer pra sofrer,

Viver pra ver,

Violência,

Desonestidades,

Conflitos,

Fome;

Sentir...

Nem todos,

Só sente quem vive

E pra viver,

Temos que NASCER!

HÁ TEMPOS

 

 

Há tempos que não vivo de ilusões,

Há tempos não preencho corações,

Há tempos não sei o que são paixões;

 

Amores não desconfiados,

Sentimentos não compartilhados,

Pensamentos imensamente descompassados;

 

Há tempos não ouço de amor,

Há tempos só vivo de horror,

Há tempos estou como sofredor;

 

Sofredor que não sonha,

Que não pensa,

Que não vive,

Mas que insiste em ser um dia entendido

E quem sabe assim correspondido

Por quem amo e não sabe.

 

                 Rodrigo Dias

O QUE FAZER?

 

Quando olho ao meu lado,

Quando procuro e não a vejo,

Nos sonhos é sempre calada,

Por nunca ter ouvido tua voz,

Não consigo imaginar como seria,

Ouvir-te a me chamar pelo nome,

E dizer coisas que todos quando ama,

Sonha e espera do seu amor,

Mas não sabe o quanto sofro,

Pensando em como poder falar-te,

Com medo da sua reação,

Com medo de você mudar,

E assim me fazendo sofrer ainda mais,

Já não penso em outra coisa,

Já não falo noutra pessoa,

Se não no meu tão difícil e complicado amor,

Mas as palavras que quero lhe dizer,

Resume-se em apenas três,

Nas quais são inerentes todos os fundamentos da vida...

Finalmente,

EU TE AMO!

Rodrigo Dias

É SÓ O AMOR

      

Que me faz viver tão feliz,

Que me faz ver um mundo leal,

Que me faz ver o que quis,

Ver em mim e você tudo igual;

 

Que me faz com seu beijo sonhar,

Ter animo pra tudo o que vier,

Ser forte para assim realizar,

Tudo aquilo que quiser;

 

Ter vontade de fazê-la mais feliz,

E não conseguir te esquecer,

Que me faz lembrar a flor de Liz,

E ter certeza que ela é menos bela que você!

Rodrigo Dias

 

Ó VIDA

 

Não mais sei o que penso,

Não sei o que falo,

Não sei o que faço,

Nem pra onde vou,

Ó tão desgastante vida,

Deixe um tempo para mim,

Ó tão intrigante vida,

Largue do meu pé,

Deixe de cobrança,

Não a devo nada,

Só queria uma espada,

Pra lutar com minha dor,

Ó vida tão egoísta,

Que leva tudo o que tenho,

Que leva o meu amor,

Se não posso te vencer,

Deixe-me quieto,

Sofrendo a minha dor!

Rodrigo Dias

Minha PÁTRIA ARMADA

 

Liberdade já não almejo,

Sem antecedentes eu vivo preso,

E nem posso ter o que desejo;

 

Vivemos em meio à ignorância,

Só se ver falar de imprudência,

Seres que vivem de arrogância,

Assassinatos, crimes e violência;

 

Minha pátria amada,

Tão idolatrada,

Que pena, mas hoje não se passa

De uma infeliz pátria armada!

Rodrigo Dias

UM SIMPLES VENTO

 

Levou minha alegria,

Meu sorriso e meu viver,

Mas também não sabia,

Que ele me mostraria,

Realmente quem é você;

Alguém que me iludiu,

Alguém que me fez sonhar,

Com pouco tempo desistiu,

Deixando-me a ver o mar;

Mas espero conseguir,

Olhar pra frente e não sofrer,

Trilhar caminhos e minha vida seguir,

Mas mesmo assim lembrando de você,

Eu vou conseguir viver,

Eu vou conseguir brilhar,

Mesmo se eu não te esquecer,

E sabendo que de mim não mais se lembrará!

                       Rodrigo Dias

À PRIMEIR VISTA

 

Quando a vi

Senti algo diferente,

Fiquei pasmo quase morri,

Doía no peito algo ardente;

 

Quando a vi

Não sei o que aconteceu,

Do nada ti olhei e sorri,

E meu coração estremeceu;

 

Quando a vi

Não sei o que se passou,

Controlar-me não consegui,

Tenho pra mim que isso é amor!

Rodrigo Dias

PRINCESA ESPANHOLA

 

Numa ocasião qualquer,

Numa noite de pleno ócio,

Conheci uma esplendida mulher,

Uma espanhola de nome Rocio;

 

Fiquei extremamente encantado,

Com a simplicidade e educação,

Carisma e simpatia por ela mostrado,

Motivo o qual dediquei tal admiração;

 

Com uma serenidade e paciência,

Sua empatia e muita beleza,

Com jeito meigo e com elegância,

São traços só presentes em princesa.

Rodrigo Dias

 

 

LÍNGUA “BRASILESA”

 

Uma língua flexível,

Com grande variedade,

Totalmente mutável,

Mas com muita complexidade;

 

É de fácil entendimento,

De bastantes opções

Pra expressar sentimentos

De todos os tipos de corações;

 

Uma língua humilde e nobre,

Mas repleta de beleza,

Há quem diga que é pobre,

Mas essa é a nossa língua “Brasilesa”!

Rodrigo Dias

 

 

 

HOJE

 

Hoje já vejo a luz com mais clareza,

Hoje já vejo nas coisas mais beleza,

Hoje já nem sei o que é tristeza;

 

Hoje já sonho e já canto,

Hoje com mais nada me espanto,

Hoje nem sei o que é pranto;

 

Hoje já não sei o que é dor,

Hoje já não sofro mais de amor,

Porque hoje, encontrei você minha flor...

Rodrigo Dias

 

AMAR É VIVER

 

Viver sem amar,

É viver sem sorrir,

É não poder sonhar,

É o não existir;

 

Viver sem amar,

É fingir viver,

É sempre disfarçar,

É viver de sofrer;

 

Viver sem amar,

É negar a quem chama,

É ter que se enganar,

Ao dizer que não ama;

 

Amor não se perde, nem se divide,

Amor pra quem ama,

É como uma chama,

Que arde no peito,

Que só se inflama,

Amar é viver

E só vive quem ama!!!

Rodrigo Dias

Vicio da escrita

 

Escrevo sem obrigação,

Só por vontade,

Escrevo por diversão,

Pra me expressar com liberdade,

Aprimorar meu vocabulário,

Ignorar a ignorância,

Que é o viver ocioso,

Desgostoso,

Distraio-me com meu papel,

Um rascunho,

Com palavras jogadas ao leu,

Que se junta e forma o que quero,

Que me dá o prazer que espero,

Pra mim, escrever é viver,

É sonhar e crescer!

Rodrigo Dias

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, VITORIA DA CONQUISTA, RECREIO, Homem, de 15 a 19 anos, Portuguese, Esportes, Cinema e vídeo
MSN - rodrigo.sv.dias@hotmail.com